Domingo, 6 de Janeiro de 2008
O descobrimento do orgasmo clitoriano

Matteo Colombo foi o primeiro anatomista no Ocidente a descrever a genitália feminina de maneira mais completa e isso só no século 16 e foi acusado de heresia, só porque escreveu que as mulheres sentiam prazer sexual através de estimulação clitoriana. Antes dele, a anatomia pensava nosso sexo como um mero buraco para que os homens depositassem sua semente. Colombo descobriu o clitóris quando atendeu uma paciente que sofria de neurose e percebeu que os sintomas estavam relacionados à falta de orgasmos.

De início, o médico se assustou quando localizou um pequeno órgão, constantemente ereto e intumescido. Depois de aplicar sessões regulares de massagem sobre aquele pequeno órgão, que culminavam com um orgasmo e um subseqüente alívio das tensões de sua paciente, Colombo concluiu que o clitóris era o responsável pelo gozo feminino. Mais: descobriu também que, se o gozo não fosse liberado com alguma regularidade, o corpo poderia adoentar-se. É claro, no Oriente as coisas eram diferentes. Cinco séculos antes de Cristo uma filósofa chamada Filênis, nascida em Lesbos, escreveu uma espécie de um Kama Sutra do amor entre mulheres. Pena que o livro nunca foi encontrado. Filênis certamente sabia - e muito bem - da existência do clitóris.

Mito freudiano do orgasmo vaginal

Séculos depois, Freud ignorou completamente esta obra-prima da anatomia feminina e contribuiu para o empobrecimento da vida sexual das mulheres afirmando que o gozo clitoriano era infantil e que somente o orgasmo vaginal poderia ser considerado um gozo maduro e fecundo. Na verdade, Freud pouco sabia da anatomia do clitóris, talvez desinteressado deste pequeno pedaço de paraíso devido à sua miopia falocêntrica, que via na mulher apenas o côncavo. Há mais tecido eréctil numa mulher do que supõe a velha psicanálise. Foram necessárias algumas décadas para que esse mito fosse detonado. Só depois do relatório Kinsey as mulheres puderam conferir o que já sabiam: o clitóris tem participação ativa no gozo feminino. Descobertas anatômicas subseqüentes confirmaram que a vagina é pobre em terminações nervosas e estas se localizam apenas no primeiro terço do canal vaginal. Todo esse silêncio sobre a sexualidade feminina gerou mitos e suposições que afastam as mulheres de seu próprio corpo.

curiosidades:
A respeitada revista científica ‘Nature’ publicou uma pesquisa de geneticistas da Universidade de Genebra que descobriram que os mesmos genes que controlam o tamanho do pé determinam também o tamanho do pênis, no homem, e do clitóris, na mulher.

Um estudo publicado no "The Journal of Urology" revelou que o clitóris é muito maior do que os anatomistas imaginavam. O clitóris visível é apenas a ponta. A maior parte deste órgão se estende para dentro do nosso corpo, formando uma massa piramidal de tecido. Há ainda prolongamentos que se estendem, envolvendo a cavidade vaginal e a uretra. Somando-se as partes de dentro e de fora, o clitóris atinge uma extensão total de 12 cm.

(por Cilmara Bedaque e Vange Leonel)


tags:

publicado por star às 10:45 | link do post | comentar

19 de agosto

posts recentes

prince: ícone gay no pass...

recuperado está

o que é: homofobia interi...

j. edgar hoover e clyde t...

trevor project e daniel r...

arquivos

Agosto 2010

Novembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

tags

* cronologia do movimento gay

* retrospectiva 2007

* retrospectiva 2008

a homossexualidade no decorrer da histór

citando

colírio

definindo

depoimentos

direitos e leis

divulgando datas

divulgando eventos

divulgando organizações e ongs

ela e ela

fatos e fotos

feministas

filme e pipoca

homossexuais célebres

livro e abajur

música e sexualidade

musicando estrelas

o que é

poetando

quadrinhos e revistas gays

sombra e luz

sussurros...

vídeos e comerciais

todas as tags

blogs SAPO
subscrever feeds