Sexta-feira, 5 de Outubro de 2007
Se alguém acha que a publicidade atingiu seu limite de "ousadia", talvez seja porque ainda não viu a campanha do novo perfume do estilista Tom Ford. Irreverente, ele foi um dos precursores da inserção do sexy nas campanhas de moda desde os anos 90 quando tirou a empresa italiana Gucci do vermelho e a colocou de volta ao topo. O seu último perfume, o Black Orchid, foi desenvolvido para que o cheiro ‘lembrasse as partes íntimas’, na campanha de sua nova fragrância, a ‘Tom Ford for Men’, ele continua com a mesma proposta apimentada. O fotógrafo, também americano, Terry Richardson entrou no clima de Tom e fez imagens interessantíssimas que causou polêmica antes de chegar às lojas. Verdadeiro gênio do marketing de moda, Ford mais uma vez lança mão da pornografia light com imagens super insinuantes e de mensagens óbvias, mas nem por isso, menos belas. Seu estilo fez escola, na qual, as lições básicas são a sensualidade explícita e a provocação implícita. Uma das modelos segura o frasco entre os seios e a outra entre as coxas. Os rostos, porém, não aparecem, reforçando o mistério fetichista.

Tom Ford, nascido no Texas não esconde sua relação homossexual com o jornalista Richard Buckley, parceiro de muitos anos, que passou um tempo difícil por conta de um câncer, e contou com o total apoio de Ford. No desfile de despedida da Gucci, em 2004, Buckley sentado na primeira fila, levantou e abraçou Tom e foram aplaudidos em cena aberta. Embora tudo isso seja público, ele mantém a imagem ambígua nos muitos editoriais em que já apareceu ao lado de mulheres famosas ou não, peladas. Assim ele se promove e a sua campanha do perfume não fica atrás. Na foto ele exibe seus dotes sensuais para todos os times: olhar 43, peito cabeludo aparado à máquina, (para a galera gay) e as mãos vertiginosas de mulher que, em posições estratégicas, não deixam dúvidas - este para a galera hétero. A mulherada adora o bonitão e ele é considerado super sexy pela ala feminina.

Tom Ford: impróprio para menores

Na campanha o frasco de perfume, esconde o sexo de uma mulher, com o púbis devidamente depilado. No site (clique aqui) no melhor estilo pornô, em flashes detalhados e rápidos, duas mulheres, envoltas em óleos - interagem - digamos assim, com o vidro do perfume. Antes de entrar no website, rola uma advertência: 'sexually explicit images', e depois, o famoso ‘click here to continue’, e a seguir um show para voyers de plantão: as imagens em cadência frenética. Mais uma vez, Ford causa alvoroço usando o erotismo, ou melhor, o sexo "quase" - mas quase mesmo - explícito, como fio condutor de suas campanhas.



publicado por star às 15:21 | link do post | comentar

19 de agosto

posts recentes

prince: ícone gay no pass...

recuperado está

o que é: homofobia interi...

j. edgar hoover e clyde t...

trevor project e daniel r...

arquivos

Agosto 2010

Novembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

tags

* cronologia do movimento gay

* retrospectiva 2007

* retrospectiva 2008

a homossexualidade no decorrer da histór

citando

colírio

definindo

depoimentos

direitos e leis

divulgando datas

divulgando eventos

divulgando organizações e ongs

ela e ela

fatos e fotos

feministas

filme e pipoca

homossexuais célebres

livro e abajur

música e sexualidade

musicando estrelas

o que é

poetando

quadrinhos e revistas gays

sombra e luz

sussurros...

vídeos e comerciais

todas as tags

blogs SAPO
subscrever feeds