Domingo, 31 de Agosto de 2008

Tallulah Brockman Bankhead chegou ao estrelato através do teatro, cinema, rádio e televisão, sua fama, entretanto, deveu-se mais à sua irreverência, forte temperamento, comportamento desinibido e suas frases irônicas e espirituosas. As pessoas que a conheciam não podiam esquecê-la e ela cuidava para que isso nunca acontecesse.

De uma família de políticos influentes, criada em um ambiente tradicional, aos 15 anos abandonou sua cidade natal no Alabama, e partiu para Nova York, determinada a atrair a atenção e ser reconhecida. Conhecida por suas excentricidades no palco e fora dele, atuou em filmes mudos e falados, foi diva suprema no teatro dos anos 20 e 30, já idosa, na televisão, na série ‘Batman’, como a Viúva Negra, nos anos 60.

Tallulah fumava muito, bebia gin e bourbon como se fosse água e carregava uma bolsa cheia de drogas que a ajudavam a dormir ou permanecer acordada. Apesar de considerar certas pessoas antiquadas e com senso de decência exageradamente elevado, elas eram respeitadas. Vingativa quando ameaçada, Tallulah era gentil e famosa por sua generosidade para com os menos afortunados, animais e crianças. Eficiente mulher de negócio, quando morreu, deixou uma considerável fortuna.

Teve diversos casos amorosos, tanto homens como mulheres, ela nunca negou seus casos. Uma multidão de garotas se apinhava na porta do teatro. Acreditava que ninguém possuía um só sexo e não via muita diferença em ser de uma maneira ou de outra.

Algumas de suas frases irreverentes:
‘Se eu pudesse voltar à juventude, cometeria todos aqueles erros de novo. Só que mais cedo.’
‘Só as boas meninas escrevem diários, as más não têm tempo para isso.’
‘Não sei bem o que eu sou. Já tentei diversas variações de sexo. A posição convencional me deixa claustrofóbica. E as outras ou me deixam com o pescoço duro ou com o queixo travado.’
‘Já não se fazem espelhos como antigamente.’ (mirando-se num espelho depois de sessenta anos)


A atriz posa no bar ‘Finocchio's’, em San Francisco,
ao lado de suas amigas drags




publicado por star às 21:46 | link do post | comentar

19 de agosto

posts recentes

prince: ícone gay no pass...

recuperado está

o que é: homofobia interi...

j. edgar hoover e clyde t...

trevor project e daniel r...

arquivos

Agosto 2010

Novembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

tags

* cronologia do movimento gay

* retrospectiva 2007

* retrospectiva 2008

a homossexualidade no decorrer da histór

citando

colírio

definindo

depoimentos

direitos e leis

divulgando datas

divulgando eventos

divulgando organizações e ongs

ela e ela

fatos e fotos

feministas

filme e pipoca

homossexuais célebres

livro e abajur

música e sexualidade

musicando estrelas

o que é

poetando

quadrinhos e revistas gays

sombra e luz

sussurros...

vídeos e comerciais

todas as tags

blogs SAPO
subscrever feeds