Quinta-feira, 16 de Outubro de 2008
título no Brasil: 'jihad do amor'
gênero: documentário
origem: EUA/reino unido/austrália/alemanha/frança
ano de lançamento: 2007
direção: parvez sharma
produção: sandi simcha dubowski

jihad for lovejihad for love

O diretor Parvez Sharma nasceu na Índia, é gay e muçulmano. Os protagonistas do documentário são muçulmanos e homossexuais que não querem renunciar à fé. Constantemente lembrados da punição de Sodoma e Gomorra, ‘A jihad for love’ mostra a busca angustiante de gays e lésbicas de uma forma para conciliar os dogmas da religião e a sua orientação sexual considerada maldita. Sujeitos a perseguições, humilhações e até à morte, muitos cedem a casamentos de conveniência e se deparam com a hipocrisia. Um jovem indiano conta como ouviu a condenação inflexível de um líder religioso para logo em seguida ser convidado a fazer amor com ele.

Filmado clandestinamente em doze países ao longo de seis anos, para a proteção de alguns e de seus familiares, o diretor usou recursos para esconder os rostos ou filmou apenas silhuetas, pois, existe o risco de morte tanto no Irã, quanto no Egito e Paquistão. Na África do Sul, Muhsin Hendricks, um ímã (líder religioso) casado e com filhos, declarou-se gay num programa de rádio e ouviu pedidos de pena de morte. No Egito, onde ser gay é ilegal, o jovem Mazen com 20 anos é obrigado a fugir depois de ser preso, torturado e violado por estar numa boate gay no momento em que esta foi invadida pela polícia. Maryam, uma lésbica que vive em Paris, e mantém uma relação de longa-distância com a sua namorada, Maha, no Cairo. Uma mãe muçulmana na Turquia aceita o casamento lésbico de sua filha mais velha. Quatro gays iranianos fogem de seu país e buscam asilo no Canadá. Para muitos a saída tem sido a fuga e são encontrados refugiados na França, na Turquia e no Canadá.

‘A jihad for love’ tem sido também conhecido sob a designação ‘Em nome de Deus’. A palavra ‘jihad’ ou ‘guerra santa’, diante das ameaças e atos violentos de extremistas muçulmanos, adquiriu conotação negativa. O seu significado é bastante complexo e o documentário tenta recuperar o conceito que se refere à luta dos indivíduos de se manterem no caminho de Deus.




publicado por star às 09:15 | link do post | comentar

3 comentários:
De victor a 18 de Outubro de 2008 às 13:29
Temática complicada essa, em se tratando de países mulçumânos. Abraços


De victor a 18 de Outubro de 2008 às 13:32
Fotos lindas as do perfil, de uma delicadeza e sensualidade absurda. Muito show, amei. Abraços


De Trama a 9 de Março de 2009 às 11:15
http://rapidshare.com/files/206842063/AJFLove.part1.rar
http://rapidshare.com/files/206852501/AJFLove.part2.rar
http://rapidshare.com/files/206862905/AJFLove.part3.rar
http://rapidshare.com/files/206873551/AJFLove.part4.rar
http://rapidshare.com/files/206883784/AJFLove.part5.rar
http://rapidshare.com/files/206894849/AJFLove.part6.rar
http://rapidshare.com/files/206906085/AJFLove.part7.rar

No pass


Comentar post

19 de agosto

posts recentes

prince: ícone gay no pass...

recuperado está

o que é: homofobia interi...

j. edgar hoover e clyde t...

trevor project e daniel r...

arquivos

Agosto 2010

Novembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

tags

* cronologia do movimento gay

* retrospectiva 2007

* retrospectiva 2008

a homossexualidade no decorrer da histór

citando

colírio

definindo

depoimentos

direitos e leis

divulgando datas

divulgando eventos

divulgando organizações e ongs

ela e ela

fatos e fotos

feministas

filme e pipoca

homossexuais célebres

livro e abajur

música e sexualidade

musicando estrelas

o que é

poetando

quadrinhos e revistas gays

sombra e luz

sussurros...

vídeos e comerciais

todas as tags

blogs SAPO
subscrever feeds