Domingo, 9 de Dezembro de 2007

Ser gay ou ser lésbica não é uma opção. Orientação sexual é o termo exato. Não existe opção sexual, pois não se trata de uma escolha, independe da vontade das pessoas, ninguém iria optar por algo tão sofrido, dolorido e com tamanha carga de preconceito. Opção é torcer pelo Manchester United FC ou pelo Futbol Club Barcelona, é decidir pelo batom vermelho ao invés do rosa. Assim como o heterossexual não escolhe em ser ou não ser hétero, o mesmo acontece com o homossexual. Por vários fatores, ou algum específico, nascemos assim. Mesmo o movimento homossexual utilizava erroneamente o termo ‘opção’, mas foi abandonado porque dá uma idéia de que em dado momento da vida a pessoa olha para os lados, consulta seus sentimentos e sensações e resolve: vou ser gay. Ou, vou ser lésbica. Ou, vou ser heterossexual.


tags:

publicado por star às 13:00 | link do post | comentar

19 de agosto

posts recentes

prince: ícone gay no pass...

recuperado está

o que é: homofobia interi...

j. edgar hoover e clyde t...

trevor project e daniel r...

arquivos

Agosto 2010

Novembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

tags

* cronologia do movimento gay

* retrospectiva 2007

* retrospectiva 2008

a homossexualidade no decorrer da histór

citando

colírio

definindo

depoimentos

direitos e leis

divulgando datas

divulgando eventos

divulgando organizações e ongs

ela e ela

fatos e fotos

feministas

filme e pipoca

homossexuais célebres

livro e abajur

música e sexualidade

musicando estrelas

o que é

poetando

quadrinhos e revistas gays

sombra e luz

sussurros...

vídeos e comerciais

todas as tags

blogs SAPO
subscrever feeds