Sábado, 1 de Agosto de 2009
village people

Quem nunca ouviu as músicas ‘Y.M.C.A’, ou ‘Macho Man’ do Village People? Ícone dos anos 70, o grupo comemora mais de 30 anos de carreira emplacando uma dezena de hits em discotecas do mundo inteiro e até hoje suas músicas são sucesso. O grupo surgiu em boates gays nos EUA, e o nome originou-se do reduto gay de Nova Iorque na época, o 'Greenwich Village', e a banda ficou conhecida por apresentar-se com fantasias que evocavam símbolos de masculinidade: policial (Victor Willis), índio norte-americano (Felipe Rose), cowboy (Jeff Olson), carpinteiro (David Hodo), soldado (Alex Briley) e motociclista (Glenn Hughes).

A história do Village People começou em 1977, em plena era disco, quando o produtor musical Jacques Morali encontrou Felipe Rose vestido de índio, dançando nas ruas do Greenwich Village, em Nova York. Diante do inusitado, ele e Henri Belolo, outro produtor entenderam a importância da comunidade gay no final dos anos 70, e surgiu a idéia de uma banda de disco music de sucesso, um grupo de cantores e dançarinos fantasiados. Pouco tempo depois, Morali viu Victor Willis na Broadway, numa montagem do musical ‘The Wiz’, e o convidou a entrar para o grupo como o policial. Este trouxe Alex Briley, que viria a ser o soldado. Para completar a formação escolheram David Hodo (carpinteiro), Glenn Hughes (motociclista) e Jeff Olson (caubói), depois de audições.

A música do ‘Village People’, inicialmente, tinha como alvo os clubes noturnos gays e negros. O sucesso aconteceu primeiro na Inglaterra, ainda em 1977, com ‘San Francisco’ (You've Got Me). O êxito nos Estados Unidos veio no ano seguinte, com ‘Macho Man’. As suas animadas músicas continham temas homossexuais com ironias sutis, nem sempre percebidas pelos ouvintes heterossexuais da época. O sucesso ‘Macho Man’ e seu videoclip, onde aparecem vestidos como tipos ‘másculos’, é um exemplo. O ‘Village People’ tornou-se rapidamente popular, em princípio entre a comunidade gay da Europa e dos Estados Unidos. A partir daí, os sucessos vieram um atrás do outro. Artistas como Madonna e Michael Jackson chegaram a abrir shows do grupo.

Em 2001, a primeira formação foi alterada, devido à morte de Glenn Hughes, o motociclista, vítima de câncer no pulmão. Hoje, eles já não são mais garotos. São senhores na casa dos 50 anos. Ícone gay mundial, a banda só tem dois homossexuais no seu elenco. Alguns deles são muito tímidos, mas deixam a introspecção do lado de fora do palco. Os integrantes atuais do Village People são: Felipe Rose (índio), Alex Briley (soldado), David Hodo (carpinteiro), Ray Simpson (policial), Jeff Olson (caubói) e Eric Anzalone (motociclista).

Y.M.C.A

Para os inocentes, a música refere-se à organização do mesmo nome, que significa ‘Young Men´s Christian Association’ e que proporciona abrigo para sem-tetos, comida, higiene, roupas e apoio moral para os miseráveis dos EUA. Mesmo os dirigentes da YMCA se preocuparam com este ‘tributo’, eles não sabiam se aquilo era um elogio ou um escárnio, mas o público mais sofisticado sabia o real significado. Para Michael Musto, colunista do jornal The Village Voice, a música YMCA é um dos muitos fenômenos culturais que surgiram como uma piada interna no mundo gay. No ‘Studio 54’, uma lendária discoteca localizada em Manhattan, Nova York, sabia-se que o ‘Village People’ era uma amostra daqueles que com postura de macho acenavam em código para o público gay.

Ao longo dos anos, o subtexto gay se perdeu, e a música se tornou um incentivo das platéias aos jogadores de baseball nos estádios lotados. Mas isso acontece mesmo. Uma música voltada para os oprimidos se torna uma animação para todos os públicos, principalmente porque os héteros gostam de roubar coisas dos gays, apagam o subtexto ‘assustador’, e se apropriam delas.









Village People - We Want You (Greatest Hits)

Village People - We Want You (1999)

download:
parte I    parte II

tracklist
01 – In The Navy
02 – Go West
03 – Y.M.C.A.
04 – Macho Man
05 – Can’t Stop The Music
06 – Sex Over The Phone
07 – Village People
08 – Ready For The 80’s
09 – Do You Wanna Spend The Night
10 – I Am What I Am
11 – San Francisco (You’ve Got Me)
12 – Fire Island
13 – Hot Cop
14 – Go West (Remix)
15 – We Want You
16 – Y.M.C.A. (12” Mix Special Dj)
17 – In The Navy (12” Mix Special Dj)



publicado por star às 08:09 | link do post | comentar

2 comentários:
De Girls On The Side [ GOTS ] a 3 de Agosto de 2009 às 12:50
Oi! Gostei muito do seu blog e queria saber se eu posso add seu blog nos links parceiros do meu blog? Meu blog comenta os filmes gls. Espero resposta! Bjs

http://girlsontheside.blogspot.com/


De Marcia Paula a 4 de Agosto de 2009 às 13:34
Saudades dessa época!


Comentar post

19 de agosto

posts recentes

prince: ícone gay no pass...

recuperado está

o que é: homofobia interi...

j. edgar hoover e clyde t...

trevor project e daniel r...

arquivos

Agosto 2010

Novembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

tags

* cronologia do movimento gay

* retrospectiva 2007

* retrospectiva 2008

a homossexualidade no decorrer da histór

citando

colírio

definindo

depoimentos

direitos e leis

divulgando datas

divulgando eventos

divulgando organizações e ongs

ela e ela

fatos e fotos

feministas

filme e pipoca

homossexuais célebres

livro e abajur

música e sexualidade

musicando estrelas

o que é

poetando

quadrinhos e revistas gays

sombra e luz

sussurros...

vídeos e comerciais

todas as tags

blogs SAPO
subscrever feeds