Sexta-feira, 3 de Outubro de 2008

O nome desta cantora e compositora canadense é Kathryn Dawn, mas o mundo inteiro a conhece como k.d.lang. E é assim mesmo, grafado com letras minúsculas. Só de ‘Grammys’, foram vários. Ela começou estudando música clássica e piano, depois deslizou para o cenário da ‘country music’. Assumiu sua homossexualidade em 1992, com seu look cheio de personalidade: cabelo máquina um e ternos. Participa de demonstrações a favor dos direitos dos homossexuais e de vários espetáculos para angariar fundos destinados à pesquisa da AIDS. Declaradamente de esquerda, ela não tolera republicanos, artistas ou não (leia-se Arnold Schwarzenegger e George Bush).

É vegetariana e militante ecológica, ativista da ‘Peta’, organização que luta contra o morticínio de animais. Quando gravou uma campanha nacional contra o consumo de carne bovina cujo slogan era ‘Meat stinks!’, os pecuaristas da região onde a cantora nasceu, não satisfeitos com um boicote feroz aos seus discos, picharam a placa da entrada da cidade canadense Consort, onde se lia ‘Home of k d lang’ com as palavras ‘Eat beef, dike!’ (coma carne, sapatona!).

Na música, foi rompendo as barreiras, misturando estilos, cantando baladas e jazz com voz aveludada e extremamente afinada, que contrasta com seu visual às vezes mais agressivo. De camisa branca aberta até o terceiro botão, terno preto, gel nos cabelos curtos e pés sempre descalços, a ‘musa’ sobe no palco e confunde os desavisados com seu visual masculino e voz doce e poderosa. Não é à toa que um de seus trabalhos se chama ‘Drag’, um culto à possibilidade de transformação entre feminino, masculino e as nuances intermediárias.

Para a maior parte da platéia, é esse paradoxo o grande encanto de lang, considerada um ícone gay para as lésbicas mais coroas, os seus shows reúne muitos casais de lésbicas jovens, e o clima é sempre de romantismo intenso com seu estilo muito sensual, o que a torna um fetiche irresistível para as mulheres. Carismática, desce à platéia jogando charme e galanteando o público com frases como: ‘Espero que este seja o início de uma longa história de amor entre nós’. Seu show é intenso e romântico, tanto para héteros quanto para homos.

Acha muita graça que algumas biografias a apresentam como andrógina canadense em vez de cantora. No entanto, concorda que ao assumir sua homossexualidade deu um grande trunfo para a gravadora que usou e abusou de tal imagem. Na capa da badalada revista americana ‘Vanity Fair’, por exemplo, posou de terno sendo barbeada pela modelo Cindy Crawford. Com uma namorada em cada porto, em 2000 namorou Leisha Hailey, a Alice de ‘The L Word’, a única atriz do seriado que se assume como lésbica.





publicado por star às 00:34 | link do post | comentar

2 comentários:
De Juan Trasmonte a 3 de Outubro de 2008 às 21:44
Caraca, Mara!
Eu te escolhi para te dar o meme das sete músicas e vi que a Requeri também tinha te dado. Bom, não custará muito escolher outras sete, se gostar da brincadeira, se não esquece rsss
bjs


De Eu e ela a 4 de Outubro de 2008 às 18:29
gostei muito do blog
estou linkando, ok?
:)

beijo!
:*


Comentar post

19 de agosto

posts recentes

prince: ícone gay no pass...

recuperado está

o que é: homofobia interi...

j. edgar hoover e clyde t...

trevor project e daniel r...

arquivos

Agosto 2010

Novembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

tags

* cronologia do movimento gay

* retrospectiva 2007

* retrospectiva 2008

a homossexualidade no decorrer da histór

citando

colírio

definindo

depoimentos

direitos e leis

divulgando datas

divulgando eventos

divulgando organizações e ongs

ela e ela

fatos e fotos

feministas

filme e pipoca

homossexuais célebres

livro e abajur

música e sexualidade

musicando estrelas

o que é

poetando

quadrinhos e revistas gays

sombra e luz

sussurros...

vídeos e comerciais

todas as tags

blogs SAPO
subscrever feeds