Sábado, 1 de Setembro de 2007

Beth Ditto estampou a capa da revista inglesa New Music Express completamente nua. Nenhum espanto se a revista fosse a Playboy ou se a garota da capa fosse magra. Mas Beth Ditto vai contra a corrente. Lésbica, gorda, feminista e sem vergonha do próprio corpo, a vocalista do 'The Gossip' é, atualmente, um dos maiores (sem duplo sentido) ícones da cultura alternativa. Por cultura, quero dizer música, comportamento e estética. A ditadura da beleza magra e anoréxica não seduz Beth Ditto. Eleita a artista mais "cool" do ano passado pela própria NME, a cantora não poupa saliva para defender suas idéias. Ela diz simplesmente que gosta de comer e não faz nenhuma questão de se parecer com Britney Spears que, aliás, julga "horrível". Bem humorada, iconoclasta e consciente, se posiciona contra o sexismo e a homofobia com natural tranqüilidade: "Ser homo e feminista é algo que transpira dos meus poros". "Standing In The Way Of Control", mega sucesso do 'The Gossip', é uma crítica à homofobia do governo Bush. Ditto faz de tudo para peitar o puritanismo hipócrita da América conservadora. No calor dos shows, ela costuma tirar a camiseta e ficar só de sutiã. Meses atrás, tirou o vestido durante uma apresentação no festival texano "South by Southwest", exibindo calcinha e sutiã pretos. Terminada a música (que começou com "Smells Like Teen Spirit" e terminou com "Standing In The Way Of Control") a vocalista deu um mosh e se jogou para os braços do público. Delírio total!



Nas fotos centrais da recente NME, a cantora aparece segurando uma maçã e exibindo enormes marcas de batom pelo corpo nu. Ditto parece escrever uma nova gênese para a mulher no mundo pop: a Eva do século 21 pode ser lésbica, gorda e provocativamente feminista. Adão não tem a menor chance nesta mitologia Gossipniana. Aparentemente imune às armadilhas do sucesso, Beth Ditto diz não se sentir famosa. A formação punk e a crítica aguda ao capitalismo e à política patriarcal parecem lhe servir de antídotos contra as ilusões de grandeza típicas do mundo de celebridades que ingressou quase sem querer. O fato é que ela valoriza suas ligações com underground, a cultura queer e o feminismo punk, mantendo-os sempre em pauta. No ano passado, por exemplo, perguntada se conhecia música brasileira, respondeu à Folha de S.Paulo que adora o Dominatrix (banda punk feminista fundadora do riot grrrl no Brasil). Mas voltando à capa do NME, a própria revista lembra que esta não foi a primeira vez que Ditto tirou a roupa para uma publicação. Há cinco anos a vocalista do 'The Gossip' deixou-se fotografar nua para um ensaio na revista lésbica pornográfica "On Our Backs". Aliás, posou acompanhada por seu namorado transexual (uma garota que fez a transição para o sexo masculino) com quem vive até hoje. Em se tratando de papéis sexuais e imagem corporal, Beth Ditto faz questão de se declarar absolutamente livre para ser o que é e amar quem bem quiser.

(por Vange Leonel)

"Uma pessoa que posa assim na capa de uma revista - você acha que ela está ligando para alguma coisa? Você acha que paira na cabeça dela qualquer dúvida sobre quem ela é e como ela quer aparecer? Você acha que ela está ligando para o que os outros acham dela? Toda vez que eu tiver de explicar o que eu acho que é alguém com personalidade eu vou sacar essa foto para mostrar. Taí alguém que não faz concessões: quer gostar de mim? Tem que ser assim... E você acha que os fãs foram embora?" (Zeca Camargo)

‘The Gossip’ não é exatamente uma banda nova (surgiu em 1999), mas nos últimos meses, tem sido apontada como a coisa mais "cool" do universo.

Website de Beth Ditto




publicado por star às 08:14 | link do post | comentar

19 de agosto

posts recentes

prince: ícone gay no pass...

recuperado está

o que é: homofobia interi...

j. edgar hoover e clyde t...

trevor project e daniel r...

arquivos

Agosto 2010

Novembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

tags

* cronologia do movimento gay

* retrospectiva 2007

* retrospectiva 2008

a homossexualidade no decorrer da histór

citando

colírio

definindo

depoimentos

direitos e leis

divulgando datas

divulgando eventos

divulgando organizações e ongs

ela e ela

fatos e fotos

feministas

filme e pipoca

homossexuais célebres

livro e abajur

música e sexualidade

musicando estrelas

o que é

poetando

quadrinhos e revistas gays

sombra e luz

sussurros...

vídeos e comerciais

todas as tags

blogs SAPO
subscrever feeds