Terça-feira, 17 de Março de 2009

o vaticano, a mulher e a máquina de lavar roupas
L'Osservatore Romano

O jornal do Vaticano, ‘L'Osservatore Romano’, em um artigo ao homenagear a mulher no último ‘Dia Internacional da Mulher’, nos brindou com mais uma de suas 'pérolas'. No artigo, o jornal afirma que a máquina de lavar talvez tenha feito mais pela liberação da mulher no século 20 do que a pílula anticoncepcional ou o acesso ao mercado de trabalho. Com o título ‘A Máquina de lavar e a liberação das mulheres - ponha detergente, feche a tampa e relaxe’, pasmem, escrito por uma mulher, conta a história da máquina de lavar, desde um modelo rudimentar de 1767 na Alemanha, até os modernos equipamentos com os quais a mulher pode tomar um capuccino com as amigas enquanto a roupa é lavada. O artigo cita as palavras da feminista americana Betty Friedan, que, em 1963, descreveu ‘o momento sublime de poder trocar a roupa de cama duas vezes por semana em vez de uma só’. Segundo o texto, embora os primeiros modelos fossem caros e pouco confiáveis, a tecnologia evoluiu a tal ponto que há agora a imagem da supermulher, sorrindo, maquiada e radiante entre os equipamentos de sua casa.

militares gays não serão mais punidos na argentina
exército da argentina

Entrou em vigor na Argentina o novo Código Militar adotando, entre outras normas, a descriminalização da homossexualidade nas Forças Armadas. Pelas normas, não só os homossexuais passam a ser permitidos nas tropas militares como haverá também punição à discriminação. Antes da reforma, soldados homossexuais eram presos sob a acusação de ‘delito de honra’ que poder acontecer dentro ou fora dos campos militares. As novas regras substituem o Código de Justiça Militar de 1951 e incluem o fim da pena de morte por traição, rebelião ou espionagem. Além disso, os militares passam a ser julgados pela justiça comum.

colômbia entrou na lista de países que reconhecem união civil gay
colômbia

Em fevereiro, membros da organização ‘Colômbia Diversa’, a maior ONG gay da Colômbia, tiveram um bom motivo para comemorar. Além de completar cinco anos de existência da entidade, a Corte Constitucional do país anunciou que vai conceder aos casais gays os mesmos direitos já gozados por casais héteros. A sentença do Supremo Tribunal é considerada um salto histórico com relação aos direitos LGBTs. A medida deve beneficiar cerca de 300 mil casais gays, que passam a contar com direito à herança, pensão e outros benefícios que até então eram concedidos a héteros. No entanto, a questão da adoção, a situação continua a mesma. Casais gays colombianos dificilmente conseguem a guarda de alguma criança judicialmente ou passar pelo processo burocrático para a adoção.

EUA: pesquisador gay vai assumir programa contra aids
Jeffrey Crowley

Assim que o presidente Barack Obama foi eleito, diversos representantes da comunidade GLBT americana foram indicados a cargos importantes em sua administração. Agora a Casa Branca anunciou que Jeffrey Crowley será o novo responsável pelo Programa de Combate à Aids. Obama afirmou que Jeffrey Crowley traz a experiência e o conhecimento que ajudarão o país contra a crise do HIV/AIDS, e provavelmente desenvolverá políticas que irão beneficiar americanos soropositivos. Gay assumido, Crowley é o pesquisador chefe da Universidade Johns Hopkins e também da Universidade de Georgetown. Desde 2000, o pesquisador vem estudando o HIV e suas mutações. (fontes: FolhaOnline, G1, Athos)



publicado por star às 10:43 | link do post | comentar

2 comentários:
De Camila a 17 de Março de 2009 às 19:15
olá querida, passando pra deixar bjs..


De Daniela Figueiredo a 21 de Março de 2009 às 03:48
Mara, quase que meu texto do Panela foi sobre o feminismo. E de quebra, veio a reportagem do Vaticano, sobre a máquina de lavar roupa para me auxiliar nos argumentos. Mas desisti de publicá-lo, iria assustar a todos os visitantes, não consigo ser uma feminista light, como diz a Rê. Então publiquei o texto sobre a Avó, que não deixa de ter uma opinião feminista, para terror dos homens.
Agora voltanto à maquina de lavar, percebemos qual é o arquétipo da mulher para o vaticano, ainda é o da mulher doméstica. O símbolo da liberdade feminina ser a máquina de lavar roupa! Utensílio doméstico tem que ser encarado como conforto, que tantos homens quanto mulheres merecemos, e nao como símbolo do feminismo. A máquina de lavar roupa é para todos - homens e mulheres. E o que mais indigna é que foi escrito por uma mulher. Ela certamente deve ignorar as diversas conquistas que as mulheres tiveram ao passar do tempo: desde ao direito de cursar uma faculdade ao de poder optar por ser mãe ou não. Infelizmente nem todos estão bem instruídos e informados a respeito. Ainda temos muito que conquistar. Beijos da amiga feminista - sem saber que era feminista (consegui desabafar aqui).


Comentar post

19 de agosto

posts recentes

prince: ícone gay no pass...

recuperado está

o que é: homofobia interi...

j. edgar hoover e clyde t...

trevor project e daniel r...

arquivos

Agosto 2010

Novembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

tags

* cronologia do movimento gay

* retrospectiva 2007

* retrospectiva 2008

a homossexualidade no decorrer da histór

citando

colírio

definindo

depoimentos

direitos e leis

divulgando datas

divulgando eventos

divulgando organizações e ongs

ela e ela

fatos e fotos

feministas

filme e pipoca

homossexuais célebres

livro e abajur

música e sexualidade

musicando estrelas

o que é

poetando

quadrinhos e revistas gays

sombra e luz

sussurros...

vídeos e comerciais

todas as tags

blogs SAPO
subscrever feeds